LIVRO "O PEREGRINO" – JOHN BUNYAN (RESENHA)

05:23:00


Oi gente, tudo bem com vocês?
O post de hoje é diferente do que vocês estão acostumadas a ver por aqui.
É uma resenha, mas não de produtos de beleza, mas sim de um livro!
Já contei pra vocês em outro post (clique para conferir) como passei a me interessar por leitura, e deixei dicas para você ler mais... Ler é uma coisa que faz tão bem pra gente, então por eu não compartilhar boas leituras aqui com vocês?

Como eu disse no post sobre livros, o nome do blog é “Mundo das Feminices” e entrando neste mundo feminino, não podemos ser tolas de achar que o universo das mulheres engloba somente roupa e maquiagem. Tem muito mais, e eu gostaria de compartilhar com vocês este “muito mais”.


Então gente, para a primeira resenha literária, escolhi um livro famosíssimo: O Peregrino. Vocês sabiam que este, é o segundo livro mais vendido do mundo? Ele só perde para a Bíblia! \o/
O autor dividiu o livro em 2 partes:
O Peregrino – As Aventuras do Peregrino / O Peregrino Parte 2 – As Aventuras de Cristiana.

Em breve trago a resenha da parte 2 para vocês!


APARÊNCIA: Gente, a aparência do livro é muito bonita. Ele é em capa dura com cores e fontes que casam. As páginas não são 100% brancas, o que deixa o livro belíssimo também.
A fonte é uma fonte “tradicional” usada na maioria dos livros que encontramos.
Um diferencial deste livro, é que ao decorrer da história, ele nos presenteia com imagens ilustrativas, o que faz a nossa imaginação voar mais longe ainda.
Antes de começar a história do livro, há uma biografia do autor, contando toda a sua trajetória de vida, lendo esta biografia, o leitor descobre que John Bunyan escreveu o livro enquanto estava preso por pregar o evangelho! Vale a pena conferir sua história.



SOBRE O LIVRO: O livro conta a história de um personagem chamado Cristão que vive na cidade da Destruição. Cristão lê a Palavra de Deus e se depara com trapos imundos (literalmente roupas sujas) e um fardo muito pesado em suas costas (como se fosse uma mochila enorme e pesada), e a partir daí, ele tenta alertar sua família que a cidade em que vivem (cidade da Destruição) será destruída e que eles precisam se salvar... Infelizmente a sua família não lhe dá ouvidos, então Cristão sai em peregrinação rumo à Cidade Celestial.
Para chegar a tal cidade, Cristão tem que passar por uma porta estreita, e tanto o caminho até a porta, e também o caminho depois da porta, é marcado por muitas aventuras, surpresas, dificuldades, dúvidas, mas também alguns prazeres.

O livro é todo feito em analogias, como: Cristão (o personagem principal), Cidade da Destruição, Castelo da Dúvida, Porta Estreita, um senhor chamado Evangelista, um rapaz com nome de Pouca Fé e por aí vai... Este livro é realmente genial.

Ele conta com notas no rodapé do livro, para identificar o que certos trechos querem dizer.


O livro é realmente genial, e lendo-o dá para entender o porquê de ele ser o segundo mais vendido do mundo inteirinho! Uau né?

Eu o li em poucos dias e recomendo muito para quem quiser conferir!

Espero que tenham gostado da primeira resenha literária. Beijooos!

posts relacionados

0 comentários

Comenta aê :)

QUER RECEBER NOVIDADES POR E-MAIL?

DIGITE SEU E-MAIL AQUI: